Total de visualizações

!!

!!

Pastor é preso por suspeita de estupro

 
Cuiabá. O pastor e ex-candidato a vice-prefeito de Cuiabá (MT) pelo PSD em 2012, Paulo Roberto Alves, de 52 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar, por suspeita de estupro de vulnerável e favorecimento à prostituição de uma criança de 11 anos e uma adolescente de 16 anos. Ele foi encaminhado para o Centro de Custódia da Capital (CCC) e permanece detido.

O juiz decretou a prisão preventiva de Alves. O delegado plantonista Cláudio Vítor Freesz pediu a perícia do celular de uma das garotas.

A guarnição realizava ronda, quando os policiais avistaram um Hilux de cor preta deixando duas garotas menores perto de um matagal. A equipe, então, tentou abordar o condutor. Quando percebeu, Alves fugiu em alta velocidade.

Os policiais retornaram ao local e encontraram as duas menores. Elas tinham R$ 150. As vítimas disseram que foram levadas para a casa do suspeito, onde ficaram no mesmo quarto.

A menor de 16 anos relatou que já teve relação sexual com ele. Ela disse que recebeu uma ligação de Paulo em que ele dizia que queria sair com ela e com a menina de 11 anos. O pastor teria pago R$ 100 para a mais velha e R$ 50 para a mais nova.

Em vídeo divulgado pelo site Mato Grosso Mais, na quarta-feira (12), o pastor alegou inocência e disse que não cometeu o abuso contras as menores.



Fonte: Diário do Nordeste