Total de visualizações

!!

!!

Ícones da cultura de Ipu são abordados no "Quadro da Igrejinha" e comentam sobre o carnaval de ontem e de hoje

 

A nossa reportagem surpreendeu e interrompeu o papo de dois ícones da cultura ipuense. Personalidades importantes, significativas do carnaval de Ipu, que encantou a região, e quiçá o estado do Ceará inteiro. Época dos desfiles dos blocos que mais pareciam verdadeiras escolas de samba.

A nossa abordagem foi feita na manhã desta sexta-feira (09/02) no emblemático "Quadro da Igrejinha", onde entrevistamos sem que os dois esperassem ou combinação prévia o Professor Francisco melo e o Florival Vale; carnavalescos na essência, autores de grandes e inesquecíveis composições dos blocos; Réus, Antes Que Ela Chegue, Corrupiões Sem Maldade, Escorpião e outros.

Uma conversa informal, descontraída com duas figuras que eu reputo de uma inteligência sem igual. Melo e Florival fizeram uma analogia do carnaval de ontem e de hoje, e rememoraram os tempos áureos do carnaval de Ipu, relembraram sucessos musicais da época e a crítica velada é o fato de desvirtuarem o nosso tradicional carnaval com a inserção enfadonha de músicas baianas.

Confira na sonora abaixo o bate-papo descontraído, proveitoso com esses dois ícones da cultura de Ipu: